Vendedora processa Gusttavo Lima após receber ligações no número da música, ‘Bloqueado’

Na música, Gusttavo Lima cita número, mas não o DDD

Vendedora processa Gusttavo Lima após receber ligações no número da música, 'Bloqueado'
(Foto: Reprodução/Instagram)

A música de Gusttavo Lima estaria fazendo um efeito devastador na vida de uma vendedora. Alessandra, moradora de Fátima do Sul, Mato Grosso do Sul, contou ao portal G1 que a a sua vida virou um inferno por causa da música, ‘Bloqueado’, de Gusttavo Lima.

Na música, Gusttavo Lima divulga um número, só que não cita o DDD. Mas mesmo assim, a vendedora diz que está recebendo milhares de mensagens por dia dos fãs do cantor.

“9912-5003, olha eu recaindo outra vez. Lembrei que tô bloqueado, é muita raiva misturada com tristeza.”

Alessandra afirma que são mais de 300 ligações e 2 mil mensagens por dia que recebe dos fãs de Gusttavo Lima. Os fãs ainda deixam insultos, pois sempre pedem para que ela desbloqueie o cantor.

“São mais de 300 ligações e 2 mil mensagens por dia. Eu não posso trocar de número, trabalho como vendedora e meu número é meu meio de trabalho, tenho este número há muito tempo.”

A música de Gusttavo Lima já é considerada um absoluto sucesso, pois acumula mais de 36 milhões de visualizações no YouTube. Desde novembro do ano passado, Alessandra estaria vivendo um inferno na sua vida.

“Foi desde de novembro, do primeiro dia de lançamento começaram a me ligar. Começaram a me mandar mensagem com trecho da música. Agora que explodiu a música, a situação ficou completamente desconfortável.”

A vendedora conta que tentou contato com a produção do cantor Gusttavo Lima, mas eles não resolveram nada. A produção pediu para que ela mudasse de número. A vendedora questiona por que o cantor não comprou um chip, se queria citar um número na música. Por conta desse impasse, Alessandra está processando o cantor por danos morais e perturbação do sossego.

“Ele que colocasse o número dele. As pessoas começaram a ser mais agressivas, pediam para eu desbloquear o Gusttavo Lima, começaram a me xingar de oportunista e entrei com ação. Não cheguei a receber ameaça, mas a pessoa começou a me falar que sou oportunista e desaforada. Os fãs não me deixam em paz, é de dia, tarde, noite.”

Fã ajuda famílias carentes

Se por um lado a música de Gusttavo Lima está causando transtornos, por outro ela está ajudando as famílias carentes. De acordo com reportagem do portal G1, Carlos Henrique Faria, empresário de Ribeirão Preto, São Paulo, também é dono do número citado por Gusttavo Lima na música, ‘Bloqueado’.

Só que ele não se incomoda de receber ligações ou mensagens. Carlos Henrique envia as pessoas para um Instagram pessoal para que elas possam fazer doações. As doações estão sendo revertidas para as vítimas das enchentes e para o Hospital do Amor de Barretos, São Paulo.

“Atendi muitas [ligações] e eu peço para irem para o meu Instagram. Então, esse número agora é destinado a projetos sociais. (…) Estou destinando esse resultado positivo para ações beneficentes. Eu já tenho um monte de doação. Comida, água, roupa, cama, fogão. Tem um que está doando carreta, com diesel e motorista para levar as doações.”

  • Vendedora processa Gusttavo Lima após receber ligações no número da música, 'Bloqueado'
  • Vendedora processa Gusttavo Lima após receber ligações no número da música, 'Bloqueado'
  • Vendedora processa Gusttavo Lima após receber ligações no número da música, 'Bloqueado'

F5 Notícias

As últimas notícias de todas as celebridades na ponta do seus dedos, para você ler, curtir, compartilhar e amar. Dicas para você ficar sempre por dentro.