Felipe Prior é Sentenciado a Prisão por Crime de Estupro

Felipe Prior, ex-participante do reality show Big Brother Brasil, teve sua vida abalada por uma condenação. A 7ª Vara Criminal de São Paulo o considerou culpado por um caso de estupro ocorrido em 2014. A denúncia foi feita somente em 2020, mas a decisão foi tomada pela juíza Eliana Cassales Tosi Bastos no último sábado, 08 de julho. A sentença determina que Prior cumpra seis anos de prisão em regime semiaberto. É importante ressaltar que ele tem o direito de recorrer em liberdade, e o processo tramita em segredo de justiça.

A acusação, feita pela vítima identificada como Themis, relata um episódio de estupro cometido por Felipe Prior em 2014. Segundo o relatório da Justiça, o agressor utilizou força física para cometer a violência, segurando-a pelos braços e pela cintura, além de puxar-lhe os cabelos. Themis deixou claro que não queria manter relações sexuais, mas Prior ignorou seus apelos.

 

Felipe Prior é Sentenciado a Prisão por Crime de Estupro
Ex-BBB pode recorrer em liberdade – Reprodução/ TV Globo

 

A juíza enfatizou no documento que não há dúvidas sobre a ocorrência do crime, baseando-se no prontuário médico da vítima, que confirmou lesões genitais, nas mensagens trocadas entre Themis e o réu, bem como nos depoimentos de ambos e das testemunhas de defesa e acusação.

Até o fechamento desta reportagem, o advogado de Felipe Prior, Rafael Pugliese Ribeiro, não havia se pronunciado sobre a condenação. Essa decisão marca um ponto crucial na trajetória do ex-BBB, impactando sua reputação e carreira. Resta aguardar os desdobramentos legais e possíveis recursos que poderão ser apresentados pela defesa.

Essa condenação de Felipe Prior despertou um grande impacto na opinião pública e nos fãs do ex-BBB. Muitos expressaram choque e decepção diante das acusações e da sentença proferida pela Justiça. O caso ressalta a importância de uma análise cuidadosa e imparcial de todas as denúncias de violência sexual, garantindo que as vítimas sejam ouvidas e que os responsáveis sejam responsabilizados por seus atos. A repercussão desse episódio também levanta discussões sobre a necessidade de uma cultura de respeito e consentimento, buscando a conscientização e a proteção de todos os indivíduos envolvidos em situações semelhantes.

 

Veja também: Anitta faz sua estreia com Simone Susinna em evento de luxo

karen ferreira