Wesley Safadão faz apelo pedindo a volta dos shows: “Durante muito tempo eu me calei”

Wesley Safadão está sem shows há mais de quatro meses

Wesley Safadão (Foto: Reprodução/Instagram)

O cantor Wesley Safadão acaba de entrar no grupo de artistas que estão revoltados com a paralização dos shows por conta da pandemia. Em vídeo publicado no Instagram, nesta quinta-feira (8), Wesley Safadão faz um apelo para a volta dos shows. Wesley Safadão conta que todas as demais atividades já voltaram ao normal e por isso os eventos precisam ser incluídos no plano de retomada.

“Meu maior sonho é poder ver aquele trabalhador poder sustentar a sua família. Durante muito tempo eu me calei, porém, chegou o momento de me posicionar. Eu decidi fazer esse vídeo não somente por mim, mas por toda uma classe. Artistas, músicos, produtores, seguranças, bar, etc. Estou aqui por todas as pessoas que de alguma maneira precisam do evento pra viver. Enquanto estávamos calados, inúmeros trabalhadores sofriam sem condições”

Quem também se juntou a essa corrente em prol do entretenimento foi o cantor Gusttavo Lima. Sendo assim, o cantor compartilhou um post em que pede a volta imediata dos shows. Gusttavo Lima diz que os shows precisam voltar ao normal porque muitas pessoas estão passando por necessidades. Além disso, o cantor afirma que o setor tem capacidade de fazer eventos com a devida segurança.

“Nosso segmento não pode mais ficar parado … São tantas famílias que dependem disso para ter o que comer em casa. Músicos, técnicos, cantores, seguranças, garçons enfim… Somos capazes de tomar todas as providências cabíveis, para que os eventos voltem com toda segurança social e conforto para o nosso público!!! O setor de entretenimento pede socorro!”

Em entrevista ao colunista Leo dias, do portal Metrópoles, o empresário Marcos Mioto afirma que vai aguardar 30 dias para tomar uma providência. Sendo assim, o empresário acredita que os shows possam voltar em dezembro. Além disso, Marcos Mioto quer que tudo se normalize até janeiro de 2021.

“Vamos aguardar mais uns 30 dias pra ver se as autoridades enxergam a devastação que está acontecendo em nosso setor, e que não demorem pra nos liberar. Vamos lutar para que em dezembro os eventos voltem, mesmo que em proporções menores, e que, de janeiro em diante, tudo normalize”

Conheça o autor do artigo:
: As últimas notícias de todas as celebridades na ponta do seus dedos, para você ler, curtir, compartilhar e amar. Dicas para você ficar sempre por dentro.
veja todos os artigos
artigos relacionados Leia também:
especial
Os melhores cartões de 2024 Conteúdo desenvolvido por especialistas em crédito