Paula Sperling e Gleici Damasceno trocam acusações na internet: “Me julgou”

Campeãs de reality show se alfinetam com indiretas nas redes sociais

Gleici Damasceno e Paula Sperling (Foto: Reprodução/Instagram)

Na noite desta terça-feira (27), ocorreu uma confusão generalizada entre duas campeãs do Big Brother Brasil, da Globo. Gleici Damasceno e Paula Sperling foram as protagonistas da confusão que agitou as redes sociais. Tudo começou quando Paula, campeã do BBB19, fez um comentário falando sobre o desabafo de Gleici, campeã do BBB18. Isso porque, Gleici havia usado o Instagram Stories para lamentar sobre as críticas que vem recebendo no mundo virtual.

No comentário, Paula conta que ficou comovida com o desabafo de Gleici, contudo, afirma que ela passou pela mesma situação. A mineira ainda relata que Gleci a julgou por causa das polêmicas que aconteceram no confinamento do BBB19. Além disso, Paula conta que a acreana deixou ela mais forte com as críticas e nunca precisou usar as redes sociais para lamentações.

“É de cortar o coração te ver tristinha assim, e de pensar que você foi uma das pessoas em que não se lembraram que as pessoas machucam. Saiba que eu torci muito por vc no BBB, e quando eu sai da casa, vc foi uma das pessoas que me julgou, me atacou, e me ensinou a ser forte e não demonstrar minha fraqueza em um vídeo dessa forma”

Assim, Paula conta que a acreana está colhendo o que plantou quando afirma que as críticas servem de aprendizado. Além disso, a mineira aconselha que Gleici pare de dar atenção para as minorias.

“Espero que o que você vem lendo, te sirva de aprendizado para que vc não faça mais com as pessoas o que não gostaria que fizesse com vc. E ainda assim, admiro muito a pessoa que vc é, e vou te contar um segredo. Olhe ao seu redor, a multidão que te ama!!! Foca neles, sorri por eles, porque eles te defendem em todas as situações, não merecem nos ver dando importância pra minoria não”

Após o comentário da mineira, Gleici Damasceno usou o stories para rebater as críticas direcionadas a ela, contudo, não citou nomes. Assim, a acreana afirma que é impossível compreender uma pessoa que não se arrepende dos seus atos.

“Gente, não tem como você ter empatia por alguém que é racista que sabe que é racista, que não se arrepende dos seus atos racistas, não tem como gente, só se eu fosse racista. Posso tá equivocada, mas no meu entendimento não tem como ter empatia por quem é homofóbico não existe isso. A gente tem empatia pra quem sofre homofobia, sabe”

Conheça o autor do artigo:
: As últimas notícias de todas as celebridades na ponta do seus dedos, para você ler, curtir, compartilhar e amar. Dicas para você ficar sempre por dentro.
veja todos os artigos
artigos relacionados Leia também:
especial
Os melhores cartões de 2024 Conteúdo desenvolvido por especialistas em crédito