Irmã de Rafael Miguel faz desabafo comovente 1 ano após morte dos familiares: “Sinto muita falta”

Camilla Miguel perdeu pai, mãe e irmão em junho do ano passado, quando ocorreu triplo assassinato

Camilla Miguel e Rafael Miguel (Foto: Reprodução/Instagram)

Hoje, quarta-feira (9), é um data extremamente triste para toda a família de Rafael Miguel, ator que foi brutalmente assassinado há exatamente um ano pelo pai da namorada dele, Isabella Tibcherani. Inclusive, Paulo Cupertino Matias, suspeito de ter matado o ator juntamente com os pais, continua foragido desde a data do infortúnio.

Tentando ainda assimilar a triste perda, Camilla Miguel publicou um vídeo no Instagram, onde faz um desabafo sobre o acontecimento que arruinou a sua vida por completo. A jovem afirmou que estava pensando em publicar um texto enorme, mas nesse dia exato, ela preferiu desabafar com os seguidores na rede social.

“Oi mãe! Oi pai! Oi Rafa! Hoje faz um ano que a gente almoçava junto presencialmente. Eu pensei muito, vocês sabem que eu sou uma pessoa que escreve bastante texto, mas acho que hoje não é um dia pra isso. Eu realmente não consigo colocar nada estrutural mais pra fora. Porque a única coisa que eu queri, era conversar com vocês”

Aos prantos, Camilla Miguel diz que sente muitas saudades de poder desabafar com os pais e que chegou a fazer isso nos sonhos.

“Eu sinto muita falta de vocês, mas o que mais da vontade no dia a dia é isso, de não poder conversar, querer conversar com vocês. De algumas forma eu tive um bloqueio nesse último ano, de conversar mesmo, parar e falar. A gente conversou um pouco em sonhos, mas muito pouco. Talvez por um bloqueio meu, não sei”

Emocionada ao falar sobre a mãe, Camilla Miguel lamenta por não conseguir sonhar com ela. A jovem conta que a última vez que sonhou com a mãe morta, ela não estava nada bem e por isso se preocupa.

“Eu não sei se você tá bem, onde você tá. Você aparece muito pouco pra mim nos sonhos. Eu entendi que era uma forma de vocês aparecerem. Na última vez que você apareceu, de fato, que eu vi e senti você, você não queria olhar pra ninguém. Então eu não sei se você tá bem”

Ao falar sobre o pai, Camilla Miguel volta a chorar e revela que diferentemente da relação conturbada com a mãe, ela era a queridinha do familiar, que também morreu em junho do ano passado.

“Pai, a nossa relação era totalmente diferente como da mãe. A queridinha do papai. Você era a pessoa que eu tinha mais medo de perder. Eu acho que eu tenho mais coisas parecidas com a mãe do que com você. Mas a gente sempre teve coisa em comum, o jeito de ser extrovertido. Eu era mais saidera, gostava mais de reunir, de conversar. Eu sempre fico lembrando de você, da sua voz”

Sobre o irmão, Rafael Miguel, Camilla revela que ele era uma pessoa muito paciente e humilde e chegava a achar que isso eram qualidades superiores as dela.

“Você era uma pessoa muito gentil, muito humilde. Você era muito genuíno. Eu tenho muito orgulho da pessoa que você foi e eu sei que você continua sendo. Eu tenho muito orgulho de quem você se tornou por mais que você sempre mandasse mensagem quando tinha oportunidade falando que tinha orgulho de mim, pela mãe que eu era, profissional que eu era. Eu acho que eu sempre tive um negócio porque eu achava que você era melhor do que eu”

Conheça o autor do artigo:
: As últimas notícias de todas as celebridades na ponta do seus dedos, para você ler, curtir, compartilhar e amar. Dicas para você ficar sempre por dentro.
veja todos os artigos
artigos relacionados Leia também:
especial
Os melhores cartões de 2024 Conteúdo desenvolvido por especialistas em crédito